No items found.

Casa de Manuel Valente | Pampilhosa da Serra

FICHA TÉCNICA

Nome do Projeto: Casa de Manuel Valente

Estado: Habitação, construído

Clientes: Manuel Valente

Localização: Pampilhosa da Serra, Vale Porco, Portugal

Ano de conclusão: 2018

Área bruta construída: 173,61m2

Engenharia:

Estruturas: BETAR – Eng.º José Pedro Venâncio

Hidráulicas: BETAR – Eng.ª Andreia Cardoso

Electricidade e Segurança: EACE – Eng.º João Coelho

Telecomunicações: EACE – Eng.º João Cristóvão

Antropologia: Ana Catarino

Construção: Laidesil

Créditos fotográficos: Fernando Guerra | FG + SG Fotografia de Arquitectura

Em 17 de Junho de 2017 um grande incêndio deflagrou em Pedrógão Grande e espalhou-se pela floresta até Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pêra, Sertã, Penela, Góis e Pampilhosa da Serra, afectando cerca de 500 casas (259 das quais eram primeiras habitações). 64 pessoas morreram ao tentar escapar dos incêndios. Depois da tragédia, cidadãos e instituições fizeram donativos para ajudar à reconstrução das casas e vidas afectadas pelos incêndios. A Fundação Calouste Gulbenkian, responsável por um dos maiores fundos providencia assistência técnica no processo de reconstrução, no qual o ateliermob fez projecto para sete casas.

A antiga casa do Sr. Manuel, dispersa pelo terreno, distribuía o programa por áreas com acessos independentes, áreas reduzidas, baixas condições de habitabilidade e com obstáculos à acessibilidade. Opta-se por demolir o que restou do incêndio e dar espaço a uma casa totalmente nova, que acompanha o declive do terreno. 

A moradia unifamiliar é desenvolvida em dois pisos, ambos com porta de acesso direta ao exterior. A volumetria do edifício, desenhada em forma de “U”, cria um pátio exterior ao nível do piso principal da habitação, com vista sobre a paisagem montanhosa em que se distingue o exterior da casa, revestido a reboco pigmentado que se aproxima do tom da terra que a envolve, contrastando com o verde que renasce.